terça-feira, 14 de junho de 2016

Série Marco Polo em 2a. temporada

No dia 1 de julho estreará no NETFLIX a segunda temporada da série MARCO POLO, que conta, ainda que com roteiro fictício, a saga do mercador italiano no Império Mongol, na China dos séculos XIII e XIV.

O destaque da primeira temporada, que tende a se repetir na nova, é o aprendizado de Kung Fu entre Marco Polo e o Si Fu "Cem Olhos", esse um herdeiro das artes marcais do templo Shaolin. O personagem ganhou o público com suas sábias lições e fantásticas demonstrações de combate, com as mãos livres ou com armas.
Si Fu "Cem Olhos" em seu Mo Gun (recinto marcial) de Kung Fu.
A trama se passa na Dinastia Yuan, dos Mongóis. O império antecessor foi o dos Sung, período onde muito floresceu a tecnologia bélica e, por sua vez, as artes marciais. O famoso exército Shaolin foi opositor aos mongóis, voltando a ganhar força com a queda dos Yuan, dando lugar a Dinastia Ming (1368-1644), essa sim com total apoio desses "monges guerreiros", havendo grande evolução do Kung Fu.
Afrescos dos monges guerreiros no templo Shaolin do Norte, em Henan.
Segundo a tradição da linhagem Moy Yat, o Sistema Ving Tsun floresceu com os frutos da evolução de Shaolin (Siu Lam) da Dinastia Ming. Sabe-se que o primeiro período da genealogia do Ving Tsun os atores de ópera dos chamados "juncos vermelhos" lutaram para restaurar a Dinastia Ming.
Mapa da China, com destaque para Fujian, província do litoral de Shaolin do Sul.
Enfim, assistir Marco Polo, mesmo na fantasiosa história, é remontar uma milenar cultura, formada por diversos impérios, sendo a do mercador europeu talvez o ponto de partida entre o contato do Ocidente (Europa) com a China.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir